Ensaio de Newborn II

Desde o nascimento do meu primeiro filho, percebi que os primeiros dias de vida do recém-nascido são únicos. Sua fragilidade, dependência, vulnerabilidade, e adaptação ao mundo exterior vai passando bem rápido diante de nós e por isso há tanta singularidade nas fotos de newborn (recém-nascido).

Sei que este estilo está "moda" e, no fundo, é uma tendência crescente, mas não o faço por esse motivo. 
Realmente valorizo essa fase, pois tenho 3 filhos e sei que não há como reproduzir esse momento único na vida de uma mãe e de um pai. Em um mês o recém-nascido já é chamado de bebê e suas feições, seus traços, seu peso, e tamanho mudam.

No post Ensaio de newborn já falei um pouco a respeito, mas quero expor melhor aqui minha posição a respeito do ensaio de newborn. EU, particularmente, não uso xícaras, caixas, tábuas e outros "props"(acessórios) no meu ensaio. Gosto do estilo mais natural e orgânico possível, de fazer algumas poses que o recém-nascido fazia dentro do útero, o que o deixa à vontade. Toucas, laços, e flores e algumas mantas, fazem parte do material que utilizo.

Realizar um ensaio de recém-nascido, não é como fazer o de uma criança de 6 meses ou 1 ano. O fotógrafo precisa se preparar para realizar essas fotos. Antes de mais nada, deve fazer um curso com algum profissional que tenha experiência na área há algum tempo. Você então vai ver que precisa tomar cuidado com a temperatura do ambiente, com a higienização do mesmo bem como das mãos de quem vai manusear o recém-nascido. Além destes cuidados, o fotógrafo deve também ocupar-se da segurança do pequenino. Isso é só o básico, mas é o mais importante de tudo. A partir daí, deve treinar com uma boneca semelhante em tamanho e peso a um bebê de dias, variando algumas poses e as transições. Por fim, cumpre ao fotógrafo nunca parar de se atualizar e buscar com persistência que o resultado final seja bonito e, ao mesmo tempo, seguro.

Um pequeno lembrete: o ensaio de newborn tem a duração média de 4 horas e o todo material utilizado durante a sessão é lavado e esterilizado após seu uso. O investimento para se preparar e começar a trabalhar nessa área é muito alto e por isso o valor cobrado é diferenciado também.

Fico muito feliz em ser uma profissional credenciada pela Nationa Association of Professional Child Photographers (Associação Nacional de Fotógrafos de Crianças), uma respeitada instituição cuja missão é promover e apoiar a arte e a integridade do profissional especializado em fotografia de bebês e crianças. Daí esse selo azul claro aqui do lado direito.

Também sou muito grata a fotógrafa Ana Rocha que me ensinou a ser uma profissional preocupada com esses cuidados e buscar o aprimoramento  sempre. Obrigada Ana!

Um beijo a todos e boas fotos









2 comentários:

  1. Amiga querida, arrasando. Mto bom participar ver o quanto vc está crescendo, progredindo e se tornando cada vez melhor. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Muito orgulhosa de você, Karine! Continue, a torcida é grande! Beijo bem grande

    ResponderExcluir